Farmácia Popular – Saiba o que é e como acessar o programa

Já pensou poder comprar o medicamento que você precisa com 90% de desconto? Seria fantástico, não é mesmo? Com o Programa Farmácia Popular isso é mais do que possível! Saiba mais em nosso conteúdo de hoje!

Desde que este programa foi implementado pelo Governo Federal, todas aqueles cidadãos que sofram de doenças crônicas, tais como a hipertensão e o diabetes poderão ter bons descontos em farmácias que tenham adesão ao programa.

Caso você esteja precisando comprar medicamentos, mas não tenha condições financeiras para arcar com todos os custos, leia o nosso artigo de hoje até o final, pois iremos lhe apresentar maiores detalhes sobre o funcionamento do programa. Confira!

O que é o Programa Farmácia Popular?                                       

Antes de qualquer coisa, precisamos entender como foi criado este programa. Ele é fruto de uma ação do Governo Federal desenvolvida no ano de 2004 e que faz parcerias com as prefeituras dos municípios brasileiros.

Farmácia Popular

Esse programa tem com finalidade promover a continuidade dos tratamentos de saúde para aquelas pessoas que não tenham condições de pagar por todas as despesas com medicamentos. Com o programa, as pessoas podem conseguir determinados medicamentos de forma gratuita, ou com descontos.

Com isso, o governo federal consegue auxiliar as famílias e minimiza os gastos junto ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Você gostará de ler também:

Como funciona o Programa?

Esse programa atua de duas formas, sendo uma delas através de uma rede própria e outra mediante sistema de co-pagamento, com a bandeira “Aqui Tem Farmácia Popular”. Ambas as formas apresentam algumas peculiaridades:

  • Rede Própria

Esse tipo de iniciativa funcionava até bem pouco tempo, mas infelizmente o governo federal via Ministério da Saúde, resolveu cortar o repasse para essa modalidade do programa.

Até então, a modalidade ficava a cargo dos estados e municípios, onde eram implementadas unidades do Farmácia Popular, as quais tinham um padrão único e atendiam a todas as pessoas que precisavam de modo padronizado, ou seja, além de distribuir os medicamentos, também forneciam orientações de saúde e ações educativas.

O valor dos medicamentos eram a preço de custo, repassando medicamentos essenciais para casos de doenças crônicas e também de preservativos masculinos. O desconto final nos medicamentos poderia chegar a 90%.

Farmácia Popular

  • Aqui Tem Farmácia Popular

Essa modalidade se encontra em vigência até os dias de hoje, porém funciona de uma forma um pouco diferente da modalidade anteriormente apresentada.

Neste caso, o governo federal acaba assumindo os custos de uma parte do medicamento, enquanto que a pessoa deverá arcar com o restante.

Basicamente, o governo faz parcerias com algumas farmácias para poder conceder o benefício dos descontos para os cidadãos que vierem a necessitar.

O cálculo de desconto de um medicamento costuma variar dependendo do princípio ativo, o qual é definido pelo Ministério da Saúde. Dependendo da instância também é possível conseguir descontos de 90%.

É IMPORTANTE OBSERVAR QUE…

O custo de um medicamento que é adquirido em uma farmácia com vínculo ao programa  costuma ser menor que o preço diferencial. Desse modo, o governo poderá pagar um total e 90% do total do medicamento e o cidadão arca com os outros 10%.

Também é válido mencionar que, antes mesmo de assinar o recebimento dos medicamentos, o cidadão devera conferir seus dados que estarão vinculados ao cupom da farmácia.

Isso é necessário para que a pessoa saiba quando deverá adquirir novos medicamentos, e para que a compra seja efetivada, o estabelecimento que vender o medicamento precisa fazer a verificação dos dados, bem como a receita médica.

Após isso, o sistema de vendas do programa é conferido, havendo o processamento dos dados e aprovação da venda do medicamento.

Como se cadastrar no Programa Farmácia Popular?

Mesmo que este programa esteja ativo há alguns anos, ainda hoje ele gera muitas dúvidas nos cidadãos, principalmente no que diz respeito ao acesso ao mesmo, ou seja, como podemos nos cadastrar no programa.

No entanto, isso é muito simples, tendo em vista que um cadastro em si, não é necessário. Basicamente, o cidadão garante o benefício indo até uma rede que tenham credenciamento, portanto o seu número de CPF e uma receita médica.

No entanto, para que uma pessoa seja aceita pelo Farmácia Popular, a receita médica precisa estar devidamente assinada pelo médico e com carimbo, e também constar o endereço do estabelecimento de saúde, onde a pessoa conseguiu a receita.

Farmácia Popular

A receita médica também não pode ter mais do que 180 dias, principalmente nos casos de solicitação de fraldas geriátricas e remédios em geral. A receita só terá validade de um ano nos casos dos anticoncepcionais.

Outra importância da receita está no fato de que ela ajuda a controlar casos de automedicação, além de promover o incentivo ao uso de medicamentos adequados para cada problema de saúde.

Sendo assim, podemos dizer que o Programa Farmácia Popular pode ser acessado por toda a população brasileira, especialmente aquelas pessoas que estejam fazendo tratamentos caros e não tenham renda suficiente para arcar com todas as despesas.

 

Deixe um comentário